Tecidos para decoração: revigore o astral do seu cantinho

Usar tecidos para decoração é uma ótima maneira de modificar os ambientes e dar uma personalizada especial no seu apartamento, sem ter que gastar em reformas. São inúmeras opções de uso, incluindo os tecidos na parede, em luminárias, revestindo os móveis, nas capas de almofadas, mantas e muito mais.

Quer aprender a usar esses itens e decorar seu apê? Continue a leitura!

Como usar os tecidos para decoração?

Como dissemos na introdução, os tecidos são extremamente versáteis e podem aparecer como destaque de vários pontos da sua casa. Veja algumas ideias bem interessantes.

Parede

tecido com desenhos florais e fundo azul
Usar tecidos para decoração nas paredes garantem um toque único e especial para os cômodos do seu apartamento. Fonte: Pinterest.


Que tal substituir o bom e velho papel de parede por uma aplicação de tecido? A ideia é muito fácil de fazer e o resultado é super bacana, já que você poderá personalizar uma parede da sala de estar, de jantar, dos quartos, de algum corredor e muito mais.

Além de realçar visualmente os ambientes, os tecidos para decoração adicionam textura, o que favorece o aconchego. Se você faz o tipo criativo e adora ousar no décor, que tal unir recortes de vários tipos de tecidos e criar uma espécie de patchwork em alguma parede do seu apê?

Móveis

poltrona com tecido branco e bolinhas amarelas

Os móveis decorados com tecidos deixam a decoração muito mais divertida. Fonte: Pinterest.


Os sofás, as poltronas e os pufes são os principais mobiliários que vêm a nossa mente quando falamos em tecidos para decoração. Afinal, esses itens usam o material no seu revestimento – e quando bem escolhidos, as cores e estampas ajudam a criar um ambiente totalmente diferenciado.

Mas, você não precisa ficar preso apenas a esses móveis. É possível usar o tecido para revestir outros itens como: guarda-roupas, cômodas, mesas, cadeiras, interior de gavetas e muito mais. A ideia é parecida com o uso do papel contact, só que ao invés de aplicar o autoadesivo, você fará uma colagem de tecido, dando uma cara nova aos móveis já mais antigos e desgastados.

Não precisa aplicá-lo em todo o móvel, basta fazer alguns pontos de destaque. No guarda-roupa antigo, por exemplo, é possível usar faixas de tecidos apenas nas portas, dando uma cara nova ao móvel sem ter usar lixas, tintas ou verniz.

Acessórios

almofadas coloridas

Aposte nos tecidos para decoração coloridos para dar mais vida aos ambientes.


É claro que os tecidos para decoração são fundamentais nos acessórios decorativos, como as almofadas, as mantas, as colchas, as cabeceiras das camas e outros elementos indispensáveis para um décor personalizado.

Escolher corretamente as cores, estampas, texturas e padronagens é uma maneira de modificar rapidamente a decoração do seu lar, sem gastar tempo e nem dinheiro.

Outra maneira de ousar é aplicar o tecido em acessórios inusitados, como as luminárias pendentes ou até nos abajures, criando efeitos diferenciados e personalizados.

Como escolher os melhores tecidos para decoração?

Já viu que os tecidos para decoração são muito versáteis e podem ser usados em vários elementos da sua casa? Veja as informações essenciais sobre cada tipo de tecido e seus usos mais indicados.

Jacquards

Contam com uma grande quantidade de fios entrelaçados de formas mais simples às mais complexas, o que cria desenhos detalhados em baixo ou alto relevo. São exemplos desse tipo de tecido: jacquard tradicional, os tecidos adamascados e o gobelim. Quanto mais pesado for o jacquard, maior tenderá a ser a sua durabilidade e também maior será o uso de fibras sintéticas.

Usos

Podem ser usados em: paredes, colchas mais elaboradas e forrações de cabeceiras.

Manutenção

Deve ser realizada todas as semanas, com aspirador de pó e escova de cerdas macias. A lavagem deve ser a seco em lavanderias especializadas.

Ratiers

Esses tecidos para decoração podem ser compostos por uma variedade de materiais ou ser 100% um material, apenas. São exemplos o xadrez, o algodão, a lonita e o panamá.

Usos

Podem ser usados de formas variadas, mas são mais indicados em estofados.

Manutenção

Deve ser feita todas as semanas, com escovação e aspirador de pó. Quando for necessária, a lavagem deverá ser a seco em lavanderia especializada.

Ratiers Estruturados

A diferença para o anterior, é o uso de fios mais elaborados, compactos e batidos. É isso que torna esses tecidos mais resistentes. São exemplos: o linho, a sarja, o gorgorão e os tecidos maquinetados.

Usos

São bastante usados em estofados, por exemplo poltronas e sofás.

Manutenção

Precisa ser feita todas as semanas, também com aspirador de pó e escova. Para a lavagem, use os serviços de uma lavanderia especializada.

Supermacios

São os tecidos feitos com fios de toque aveludado. Por serem resistentes, indica-se seu uso para as pessoas que têm animais de estimação. Alguns exemplos são: a camurça sintética, o chenile e o buclê.

Usos

São usados em estofados e nas paredes.

Manutenção

Também deve ser feita todas as semanas, com aspirador de pó e escova macia.

Brilhantes

tecido brilhante verde
Os tecidos brilhantes dão um toque de modernidade para os objetos de decoração.


São aqueles tecidos para decoração cujos fios possuem um brilho natural. Eles são mais finos e delicados, por isso bastante valorizados. Os exemplos são: xantung, seda e voile.

Usos

Como são finos e pouco resistentes não devem ser usados para estofados, mas sim para colchas, almofadas e pequenas poltronas (sem uso tão intenso).

Manutenção

Deve ser feita semanalmente, com aspirador de pó. Nunca devem ser lavados em casa porque são muito finos.

Veludos

Podem ser naturais ou sintéticos, com fios curtos ou altos. Esses tecidos são bastante resistentes. Os exemplos são: veludo tradicional, o flamê e o cotelê.

Usos

Por serem resistentes podem ser usados em estofados, almofadas e cortinas.

Manutenção

Precisa ser feita toda semana, primeiro com aspirador de pó e depois com panos de limpeza a seco.

Especiais

São aqueles usados em áreas externas, com fibras de alta tecnologia capazes de resistir ao desbotamento, à chuva e à outras intempéries.

Usos

Para os móveis e estofados da área externa. Devem ser escolhidos de acordo com a característica do ambiente. Por exemplo, se o estofado for ficar exposto à chuva, prefira os tecidos Splendor, ao sol, os Sunbrella, e assim por diante.

Manutenção

Embora sejam especiais, eles não são eternos. É preciso retirar o excesso de poeira, sempre limpar quando cair água e, se molhar, deixá-los secar ao sol.

Além de pensar nos tipos de tecido, considere também as cores e as estampas que precisam estar em sintonia com o restante da sua decoração, oferecendo contraste ou suavizando as cores fortes.

Gostou de saber mais sobre os tecidos para decoração? Aproveite e compartilhe as nossas dicas com os seus amigos!

Fale com um dos nossos consultores

Gostou de algum imóvel ou tem alguma dúvida? É muito fácil falar com a gente!
Ligue grátis de qualquer estado, mande um whatsapp ou abra um chat aqui mesmo!